Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

28/02/2013

O inimigo está sempre alerta em busca de oportunidades de mostrar seus efeitos nocivos no meio do povo de Deus, procurando plantar a discórdia, disputas e contendas, principalmente entre as lideranças e membros de ministérios.

O mais triste é quando vemos que os líderes e seus liderados, em algum momento da vida cristã, se veem dentro de uma situação como essa, sem discernimento ou sabedoria para evitar as intrigas.

Com isso, a Igreja do Senhor Jesus é quem sai mais prejudicada. Afinal, a Palavra de Deus nos ensina a amarmos ao próximo e que as contendas, discórdias, facções, ciúmes, entre outras, são obras da carne (Gl 5: 19-26). Se são obras da carne, naturalmente não vêm de Deus. O versículo 26 diz ainda: “Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros”.

A harmonia e a paz é dever de todos, dentro ou fora da Igreja. Afinal, a Bíblia não nos diz isso o tempo todo? Em 1º Tm 6: 3-4 diz que: “Se alguém não concorda com as sãs palavras do Senhor… nada entende, mas tem mania de contendas de palavras, de que nascem a inveja, provocação…”. Sim, as contendas são algo carnal e o ser humano é incapaz de ter domínio próprio e de colocar no seu coração a vontade de Deus.

Em 2ª Tm 2: 23 a mensagem é clara quando diz que: “E repele as questões insensatas e absurdas, pois sabes que só engendram contendas”. Seja qual for o problema ocorrido entre os irmãos, não deixe que o mesmo leve a um estado de raiva, ira e brigas. Nessa hora a melhor coisa a fazer é conversar, expor os problemas na busca de uma solução, deixando a vaidade e o orgulho de lado. Vemos em Tito 3:9 que o apóstolo Paulo reforça esta ideia. “Evita discussões insensatas e contendas… porque são fúteis”.

Por que então tantas divisões e conflitos nos ministérios da Igreja? É essa a Igreja que queremos? Uma igreja dividida ou unida? Uma Igreja onde o orgulho, a ciumeira e a vaidade estão acima de tudo, até de Deus? Não, não deveria ser este o nosso objetivo. Deveríamos buscar a união entre as pessoas.

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

De que vale um líder subir no púlpito pregar maravilhosamente bem sobre a Palavra, mas quando desce dali age de maneira oposta ao que ministrou? Qual a consequência disso? Simples, uma Igreja que perde a unção, que se esvazia. Sim, porque os demais membros sentados no banco percebem o que se passa ao seu redor e mais dia menos dia acabará buscando uma nova igreja para congregar. Isso é triste, mas é o que ocorre.

Por isso, não podemos esquecer que Deus um dia virá nos cobrar pelos nossos erros. Quanto mais errarmos hoje, maior será a cobrança futuramente.

Somos soberanos sobre nossas vontades e escolhas e por isso devemos ser responsáveis por tudo o que fazemos. Tudo o que plantarmos, colheremos. Assim, a melhor maneira de viver uma vida sem intrigas é tendo sabedoria para discernir o que é ou não a vontade de Deus e o que sua Palavra nos ensina.

É certo que há situações que nos tiram do sério dentro e fora da igreja, mas medite nessa mensagem e busque se aperfeiçoar cada vez mais na Palavra de Deus. Olhe para dentro de si mesmo e veja se está praticando aquilo que ministra, principalmente em cima do púlpito. Deus abençoe!

 

 

 

 

Compartilhe:

Deixe comentário