Evidências de que a Arca de Noé parou no Monte Ararate

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Pesquisas arqueológicas comprovam que a Arca de Noé teria parado no Monte Ararate (Büyük A?r? Da??, em turco; ou Urartu, nome assírio), na fronteira da Turquia com a Armênia (Gn 6, 7, 8 e 9). Segundo arqueólogos e estudiosos do assunto, há vestígios na montanha que levam a acreditarem que a arca repousou mesmo na região do Monte Ararate, conforme está escrito na Bíblia, cujo local foi transformado em Parque Nacional Arca de Noé pelo governo turco.

De acordo com informações do site www.arkdiscovery.com/noah’s_ark.htm, a região começou a ser pesquisada pelo arqueólogo americano Ron Wyatt em 1960 e encontra-se no Vale de Eight a 18,2 milhas ao sul do Monte Ararate. A partir de 1977, Wyatt realizou 24 viagens até o local onde estaria a arca, tendo realizado com sucesso testes de detecção de metal e varreduras de radar no subsolo do site e conseguiu comprovar que este sítio arqueológico contém realmente restos da Arca de Noé cobertos de lama e lava.

Durante as pesquisas foram considerados alguns pontos, como a existência no solo desse vale o formato de um barco com um arco pontiagudo e popa arredondada; comprimento de 515 pés ou 300 côvados egípcios, o mesmo relatado na descrição bíblica; está sobre uma montanha no leste da Turquia; contém madeira petrificada, comprovado por análise de laboratório; estruturas verticais de reforço nas laterais, demonstrando ser a estrutura esquelética de um barco, entre outros objetos.

A Turquia, como se pode observar, oferece aos turistas, e aos cristãos especialmente, uma oportunidade de estar perto da história e vivenciar uma experiência rica sobre nossos antepassados bíblicos.

As fotos foram cedidas pela direção do site www.arkdiscovery.com/noah’s_ark.htm.

 

Compartilhe:

Deixe comentário