Crônicas de Istambul: Turquia prende pastores cristãos em Izmir

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

20150530_165253Istambul – 02/11/2016 – Depois de mais de um mês de férias no Brasil, retorno a Istambul e começo a ler as notícias locais e percebo que, para os cristãos que aqui vivem, as coisas não andam nada fáceis.

Além das notícias sobre os alertas de possíveis atentados e a perseguição que o governo o faz contra os próprios cidadãos turcos – em virtude do golpe de estado fracassado em 15 de julho –, agora surgem informações sobre a prisão de cristãos, o que causa ainda mais preocupação e tristeza.

Em 7 de outubro, um casal de protestantes norte-americanos foi preso e mantido incomunicável em um centro de detenção em Izmir, cidade do sudoeste da Turquia situada na Região do Mar Egeu, segundo o site World Watch Monitor, especializado em notícias desse segmento.

O casal foi preso por supostas razões de “segurança nacional” e deve ser deportado. Desde então, o reverendo Andrew Brunson e sua esposa Norine não puderam entrar em contato com funcionários e advogados consulares dos EUA, segundo o site.

Residentes da Turquia nos últimos 20 anos, os Brunsons estão atualmente liderando a Izmir Resurrection Church, uma pequena congregação protestante com média de 30 a 40 membros, localizada no distrito de Alsancak da cidade.

De acordo com o World Watch Monitor, a situação dos cristãos estrangeiros só piorou depois que do “estado de emergência” na Turquia, declarado após o fracasso do golpe militar. Em outubro, o estado de emergência foi ampliado por mais três meses.

Diante disso, é preciso orar pelos cristãos perseguidos não somente da Turquia, mas de todos os países que passam por este problema. Temos que interceder para que Deus possa agir na vida dos perseguidores para que tenham o coração quebrantado e não cometam injustiças.

Compartilhe:

Deixe comentário