Resenha do livro Graça

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Iznik, Turquia
Iznik, Turquia

06/07/2015

Estamos sob a graça de Deus. A graça de Deus é abundante. Somos fotalecidos pela graça de Deus. Estas são frases que ouvimos ou falamos diariamente nas conversas, na igreja ou mesmo em pensamento.

Mas o que é graça? O que é estarmos sob a graça de Deus? Estas são algumas das perguntas que o livro Graça, de Max Lucado, tenta responder. De uma maneira simples o autor consegue dar o significado de graça. Lucado é escritor e pastor evangélico norte-americano, com mais de setenta livros publicados em todo o mundo e atuou como missionário no Brasil por cinco anos.

O livro está dividido em 12 capítulos com vários exemplos de pessoas que foram mudadas pela graça de Deus e outros 12 capítulos com indicações para que possamos analisar as Escrituras e entendermos melhor o significado de graça.

Max Lucado cita alguns trechos da Bíblia que retratam exatamente seu significado: o apóstolo Paulo disse que “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim’’ (Gálatas 2:20). Segundo Lucado, quando a graça acontece, Cristo entra em nossos corações e nos transforma; o cristão é uma pessoa em qum Cristo está acontecendo.

De acordo com o autor, “Graça é Deus agindo como um cirurgião cardíaco, abrindo nosso peito, removendo noso coração – envenenado com orgulho, arrogância e dor – e substituindo-o pelo coração Dele próprio’’.

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

O texto diz que “a graça é a voz que nos chama à mudança, que faz com que cedemos ao poder transformador de Deus”.

Com pouco mais de 220 páginas, o livro nos mostra a importância de estarmos na presença de Deus e como a graça pode fazer bem para as nossa almas cansadas. Boa leitura!

Livro: Graça

Autor: Max Lucado

Editora: Thomas Nelson Brasil

 

 

Compartilhe:

Deixe comentário