O espírito de rebeldia

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Istambul – 24/03/2017

Você sabia que ter um espírito de rebeldia significa que você está deixando Deus de fora de sua vida? Pois bem, a rebeldia assume várias formas diferentes e tem os mais variados resultados e consequências. A raiz da rebeldia, entretanto, permanece a mesma: o pecado ou a desobediência deliberada.

O espírito de rebeldia não agrada a Deus. Moisés percebe esse espírito na descrição que faz da revolta de Corá contra o Senhor. Corá e outros filhos de Levi passaram dos limites (Nm 16.7), pois, ao invés de confiar no Senhor e de contar com sua soberania e justiça, eles decidiram agir de acordo com seus próprios desejos. Eles acreditavam mais em si mesmos do que no poder de Deus.

Porém, a rebeldia pode ir diretamente contra aquilo que é importante: os pais, a lei, a Igreja ou totalmente contra Deus, porque viola os padrões de autoridade que Ele estabeleceu. A Bíblia diz que Corá e seus companheiros não haviam se rebelado apenas contra Moisés, mas principalmente contra Deus (Nm 16.11-30).

Perceba que a rebelião sempre envolve maldade, talvez por causa de inveja de uma posição ou salário em uma empresa, ou entre amigos, parentes e até mesmo casais. No caso de Corá, ele teve inveja da autoridade que Deus concedeu a Moisés e a Arão (Nm 16.3). Isso o levou à sua rebeldia e, enfim, à sua morte (Nm 16.32). Esse foi o preço que ele pagou por sua rebeldia.

Portanto, nós precisamos guardar com cuidado o nosso coração e nossa mente em todas as decisões que tomamos e em cada alvo que tentamos alcançar, perguntando a nós mesmas se estamos honrando a Deus ou buscando nos exaltar e agradar. Caso contrário, estaremos indo contra Deus e sua soberania e o preço a pagar por isso será a manutenção do pecado em nossas vidas e, principalmente, a morte espiritual.

Compartilhe:

Deixe comentário