Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Coreia do Norte – O cristianismo, assim como qualquer outra religião, é proibido na Coreia do Norte. Em uma carta contrabandeada para fora do país, cristãos secretos descrevem a atmosfera de guerra na qual o país está mergulhado. A oração e intercessão faz-se mais importante do que nunca.

Coreia do norte

“Estamos nos preparando para a batalha decisiva com uma arma na mão e um martelo na outra”, resume um líder cristão, sobre  a mensagem que o povo norte-coreano recebeu recentemente do “alto comando” do governo. “O exército militar, a marinha, a força aérea, as tropas estratégicas de foguetes, os guardas vermelhos e os jovens soldados já estão em posição de combate. Reuniões urgentes estão sendo realizadas por todos os lugares, independentemente se é dia ou noite. Nesses encontros, os funcionários decidem sobre o que deve acontecer no caso de guerra, incluindo o papel das mulheres, que precisam estar prontas para entrar em combate”, disse ele.

Segundo fontes da Portas Abertas, na estrada, muitos carros já estão cobertos por redes de camuflagem e soldados portando armas de fogo, que usam chapéus com galhos secos (um tipo de camuflagem também). O líder do país, Kim Jong-Un, divulgou um comunicado para o povo dizendo que “se a guerra explodir por conta das ações dos EUA e o comportamento imperdoável da Coreia do Sul, eles acabarão sofrendo uma queda vergonhosa e a Coreia da Norte viverá o nascer de um novo dia de reunificação”. E disse ainda: “Chegou o momento de mostrar o poder do ‘Primeiro Exército’ e a grande nação norte-coreana para o mundo inteiro.”

No entanto, cristãos e civis temem uma guerra entre as nações e as suas consequências. “Na dúvida, muitas pessoas têm comprado suprimentos de emergência (alimentos e artigos de necessidades básicas). Por conta disso, os preços desses produtos estão subindo rapidamente”, explicou o contato da Portas Abertas.

Cristãos locais são gratos pela ajuda de estrangeiros ao redor do mundo e pedem por contínuas orações. “Eu gostaria de agradecer a esses irmãos e irmãs que, mesmo estando longe, nos apoiam através do seu amor, suas orações e doações. Sabemos que a nossa caminhada até o céu não será fácil, mas temos a certeza de que a nossa fé e esperança, um dia, darão muitos frutos. Não importa o quão difícil é a vida para nós, nunca devemos culpar ou reclamar por causa das circunstâncias que enfrentamos. Deus nos prometeu na Bíblia que, se buscarmos o Seu Reino em primeiro lugar, todas as outras coisas também nos serão dadas. Por favor, ore por nós!”, concluiu outro cristão norte-coreano. 

*Há onze anos consecutivos, a Coreia do Norte ocupa o primeiro lugar na Classificação de países por perseguição.   

Fonte Portas Abertas Internacional

Tradução Ana Luíza Vastag

Compartilhe:

Deixe comentário